image 1 image 2

RETRATO DE UM GAROTO AUT&Etilde;NTICO

Sou livre, qual o pássaro que voa

em busca de aventuras céu afora.

Meu canto, quem o escuta se enamora

do intenso som de vida que ressoa.

 

Meu vôo segue livre, segue à toa,

de cima vejo tudo que se aflora,

nada, por curioso, deixo fora,

e assim, aonde vou meu ser ecoa.

 

Sou jovem, amo a tudo, amo a todos,

as coisas têm começo e não têm fim,

pois tudo é possível para mim.

 

Eu vivo o aqui e agora, sem engodos;

esperto, ambicioso, sempre a fim,

a mim não há jamais, nem não, nem sim.

Autor: Floriano Freitas Filho